#novembroazuloficial            #novembroazul

Bulletin of Animal Husbandry
Volume: 58 - Número: 1 - Pg: 35-45 - Ano: 2001


Autores
Edison Valvasori, Wagner Lavezzo, Carlos de Sousa Lucci, Laércio Melotti, Francisco Stefano Wechsler, Ari Luís de Castro


Alterações na fermentação ruminal em bovinos fistulados alimentados com cana-de-açúcar como substituto da silagem de milho
Resumo

Quatro vacas da raça Holandesa, fistuladas no rúmen, foram utilizadas em delineamento de quadrado latino 4x4 para avaliação de características ruminais. Os animais receberam alimento volumoso (59,4% em base seca) constituído de silagem de milho e/ou cana-de-açúcar nas proporções: A) 1:0, B) 1/3:2/3, C) 2/3:1/3 e D) 0:1. O concentrado participou com 40,6% nas diferentes rações, elevando o teor de proteína bruta da dieta para 15%. O volume, a taxa de reciclagem ruminal, o pH e concentrações de N-NH3 e de AGV totais do líquido ruminal foram semelhantes entre dietas (48 l; 11,85%/h; 6,32; 8,82 mg/100ml e 88,01 mM/l, respectivamente). Houve queda no pH e aumento nas concentrações de N-NH3 e AGV totais até as 3:00 horas após o fornecimento das dietas. A maior população de protozoários totais (P<0,10) foi observada no rúmen dos animais recebendo dieta com cana exclusiva, tendo sido 40,85% superior daqueles sob silagem de milho exclusiva. Com a inclusão de maiores quantidades de cana nas dietas, maiores populações dos ciliados Dasytrichas se fizeram presentes.


Changes in ruminal fermentation of fistulated cattle fed with sugar cane as a substitute for corn silage
Abstract

Four Holstein cows with rumen cannulae were used in a 4 x 4 latin square to evaluate  ruminal alterations.  The  animals  received  roughage (59.4% in DM basis) composed of  corn silage and/or sugar cane on the following proportions: A)1:0; B) 1/3:2/3; C) 2/3:1/3; and D) 0:1. The concentrate participated with  40.6% in the different rations, raising the crude protein level to 15%. Ruminal volume, turn-over rate, pH and concentrations of NH3-N and of total  VFA of the ruminal liquid in all treatments were  similar (48 l; 11.85%h; 6.32; 8.82mg/100ml and 88.01mM/l respectively). The pH decreased  and an increase in N-NH3 concentrations and total VFA concentrations were observed until 3h after presenting the diets. The largest ciliate protozoa population (P<0,10) was observed in rumen of animals receiving only sugar cane, as a sole forage in diet, being 40,85% higher than those receiving just corn silage. Inclusion of higher quantities of sugar cane in diets, led to higher population of ciliate Dasytricha.


Íntegra (PDF)




Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir